ANP CANCELA NOVA REVISÃO DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE PAPA-TERRA

Campo Papa-TerraA Agência Nacional do Petróleo (ANP) desobrigou a Petrobrás de apresentar uma nova revisão do Plano de Desenvolvimento do Campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos.

Inicialmente, a estatal tinha até o dia 31 de julho para apresentar a revisão, que deveria englobar a atualização dos modelos geológicos e de simulação, bem como a apresentação de novas estimativas de produção e reservas a partir da modelagem atualizada. A agência determinou que a Petrobrás inicie o projeto piloto de injeção de polímeros no campo até 31 de dezembro deste ano.

Papa-Terra localiza-se a cerca de 110 km do município de Cabo Frio no sul do estado do Rio de Janeiro, na parte sul da Bacia de Campos. Sua área é equivalente a 182,786 km², distribuídos numa lâmina d’água que varia entre 400 e 1.600 m. A Petrobrás opera a área com 62,5%, em parceria com a Chevron (37,5%).

Deixe seu comentário

1 Comentário em "ANP CANCELA NOVA REVISÃO DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE PAPA-TERRA"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Luciano Seixas Chagas
Visitante

O Campo de Papa-Terra tem óleo pesado e as estimativas de reservas estão aquém das reais. O campo já foi oferecido para ser vendido na gestão da Graça Foster e retirado da mesa de negociação de modo abrupto e muito estranho. Tem 3 ou 4 reservatórios principais e como a mobilidade do óleo no interior dos reservatórios é relativamente elevada para óleo pesado, o PAD deveria ser revisado ou a ANP deveria deixar a Petrobras produzir o ativo e apresentar novo PAD num prazo curto.

wpDiscuz