ESTADOS UNIDOS PREPARAM LEILÃO DE 224 BLOCOS NO ALASCA

Walter Cruickshank BOEMA mudança de postura do governo americano sob o comando de Donald Trump em relação às questões ambientais segue em curso e agora o Alasca voltou a figurar na lista de leilões de blocos exploratórios no país, depois de nove anos sem rodadas envolvendo a região.

O órgão BOEM, que cuida da análise relativa aos leilões do tipo nos EUA, informou que serão 224 blocos ofertados, na costa centro-sul do Alasca, com uma área total de 1,09 milhão de acres (cerca de 4.411 km²). O certame foi agendado para 21 de junho.

De acordo com o diretor do BOEM, Walter Cruickshank (foto), foi feita uma análise “robusta” das condições ambientais da região escolhida para esse primeiro leilão desde 2008.

Deixe seu comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz