STATOIL PLANEJA PERFURAR NOVO POÇO EM CARCARÁ NO FIM DE 2017

VeronicaQuase oito meses depois de adquirir a participação da Petrobrás (66%) na área de Carcará, por US$ 2,5 bilhões, a Statoil já entrou com seu primeiro requerimento de perfuração no bloco do pré-sal e pretende levar a atividade adiante até o final de 2017. O objetivo é um dos que complementam a estratégia exploratória no Brasil, onde estão atuando em várias frentes. A vice-presidente executiva da Statoil no Brasil, Veronica Coelho, que vai representar a empresa na OTC 2017, em Houston, contou, em entrevista ao Petronotícias, que pretendem ainda implantar uma nova plataforma no campo de Peregrino e iniciar a campanha exploratória nos blocos do Espírito Santo, além de desenvolver o bloco BM-C-33 (onde foi realizada a descoberta Pão de Açúcar). “Para isso, sem dúvida que a companhia quer expandir sua relação com fornecedores locais. Mas é fundamental que haja um ambiente competitivo, que dê condições de a empresa desenvolver seus projetos”, diz.

Como será sua participação na OTC de Houston?

A Statoil vai participar do painel “IOCs in Brazil: Under a Promising and Positive New Environment” [“Operadores offshore no Brasil: Sob um novo ambiente promissor e positivo”] que ocorre no dia 1° de maio. A empresa será representada por mim no evento.

O que será apresentado no painel sobre o mercado brasileiro?

Ainda estamos aguardando a definição dos demais participantes para, junto com a organização do evento, definir os principais tópicos para discussão.

Como avalia o cenário no Brasil após as últimas mudanças promovidas pelo governo?

A Statoil avalia como positivas as recentes iniciativas para tornar o ambiente de negócios no Brasil mais flexível e competitivo. Uma dessas boas iniciativas foi a revisão da regulamentação para conteúdo local. Também apoiamos o debate sobre outros assuntos que são relevantes para o setor de petróleo e gás no Brasil, como fim do monopólio, Repetro, novos leilões e investimentos em áreas menores.

Como vê a política de conteúdo local? Quais os erros e os acertos dela, a seu ver?

As novas regras de conteúdo local anunciadas pelo governo representam um avanço nessa questão. São uma importante adequação das regras à capacidade de fornecimento da indústria nacional e vão gerar empregos e estimular a competitividade. A Statoil defende o crescimento sustentável da indústria nacional, competitiva em custo e qualidade.

A empresa tem planos de ampliar a capacitação e o desenvolvimento da relação com a cadeia de fornecedores locais? De que forma?

A Statoil pretende ampliar seus investimentos no Brasil nos próximos anos. Estamos desenvolvendo a segunda fase do campo de Peregrino, onde implantaremos uma nova plataforma (terceira), e ainda temos mais dois ativos para desenvolver: BM-C-33 (onde foi realizada a descoberta Pão de Açúcar) e agora o BM-S-8. Além disso, vamos começar a campanha de exploração nos blocos no Espírito Santo. Para isso, sem dúvida que a companhia quer expandir sua relação com fornecedores locais. Mas é fundamental que haja um ambiente competitivo, que dê condições de a empresa desenvolver seus projetos.

A companhia tem interesse em participar dos leilões de novas áreas previstos para 2017? Quais serão os focos da empresa?

A Statoil está sempre avaliando outras oportunidades de negócios, tais como rodadas de licitação e farm-ins / farm-outs. A empresa não comenta sobre ativos específicos. A Statoil considera o Brasil uma região estratégica para um crescimento sustentável e a longo prazo.

A Statoil requereu recentemente (em 2 de março) a licença de operação para perfurar no bloco BM-S-8, na Bacia de Santos, onde se encontra a acumulação de Carcará. Qual a previsão do início desta nova perfuração? Qual o cronograma para Carcará daqui em diante?

A Statoil espera iniciar a etapa de perfuração no final de 2017.

Atualmente, a campanha de Carcará está na fase de aquisição de equipamentos, bens e serviços relacionados à atividade de perfuração.

Deixe seu comentário

5 Comentários em "STATOIL PLANEJA PERFURAR NOVO POÇO EM CARCARÁ NO FIM DE 2017"

Notify of
avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
luciano Seixas Chagas
Visitante
Age corretamente a Statoil fazendo o que a Petrobras de Pedro Parente já devia ter feito antes ou seja, delimitar a acumulação de Carcará com um novo poço bem no flanco da estrutura, para cubar o volume real existente. Corrigindo a reportagem Carcará não é prospecto e sim acumulação ainda não completamente delimitada. De acordo com os contrato original do BM-S-8 o prospecto de Guanxuma (é prospecto pois ainda não foi descoberto e é visível nas linhas sísmicas) deveria ser perfurado também em 2017. Alguém poderia me informar se estou errado ou se a ANP permitiu a prorrogação da perfuração.… Read more »
Manoel Freitas
Visitante
Mais uma vez o senhor Luciano quer nos fazer acreditar que somos todos analfabetos . A´Petrobras está vendendo os ativos porque não tinha como pagar a dívida colossal 400 bi ,se não estou enganado pois julgo que o valor era maior, que a Cumpanheirada amiga deixou com: projetos faraónicos e inviáveis com refinarias do Ceará e Maranhão como compras no mínimo estapafurdias ,para não dizer outras coisas como Pasadena e tantos outros projetos que não saão do nosso conhecimento,além claro está das obras superfaturadas como Abreu e LIma por incompetencia técnica e tudo o resto que é do conhecimento geral… Read more »
Luciano Seixas Chagas
Visitante

O senhor está escrevendo errado o nome das pessoas. Também erra nos valores e assertivas. Assim não tenho como responder ao senhor companheiro do senhor Pullen Parente.
Sai d’eu seu Manoel. Tenha melhor e verdadeiras assertivas. Acho que a sua primeira afirmativa do primeiro parágrafo são quases reais. Melhorando-as. ” Não quero fazer acreditar. Tenho certeza”. Quando melhorar nas suas argumentações tornarei a responder. Até lá ….

Maycon
Visitante

Boa tarde !!

vocês sabem me dizer em qual porto a Statoil vai operar para exploração e produção aqui no ES, e onde posso mandar currículo

Luciano Arêas Carvalho
Visitante

Boa pergunta Maycon, mas pelo que já vi nas últimas vagas que eles abriram recentemente e que foram divulgadas no Linkedin, a única forma de enviar o currículo era no próprio site da empresa. Dá uma checada lá!

wpDiscuz