CHINA LANÇA OFICIALMENTE NOVO PLANO PARA CONSTRUÇÃO DE NOVAS USINAS NUCLEARES NO PAÍS

chhuO décimo terceiro plano quinquenal para o desenvolvimento da energia nuclear foi oficialmente lançado na China com atenção redobrada atenção para os próximos cinco anos. Segundo o plano, a China terá cerca de 88 milhões de quilowatts de instalações de energia nuclear em operação ou em construção até 2020, disse Wang Yiren, vice-diretor da Administração Estatal de Ciência, Tecnologia e Indústria para a Defesa Nacional e vice-presidente da Autoridade de Energia Atômica da China. As centrais nucleares da China são construídas principalmente em regiões costeiras do sudeste, enquanto as capacidades de reciclagem de combustível nuclear estão localizadas em áreas ocidentais.

A China também dará prioridade ao desenvolvimento de uma plataforma de energia nuclear flutuante. Wang disse que as autoridades organizaram discussões de especialistas sobre a construção de centrais nucleares no mar, para apoiar a exploração offshore de petróleo e gás. Desenvolver nova energia tornou-se uma tendência inevitável para alcançar o desenvolvimento sustentável. A energia nuclear, como uma energia de baixa emissão de carbono, é um componente importante do novo setor de energia, bem como uma base sólida para o desenvolvimento sustentável de energia no futuro, disse Wang.

A capacidade instalada de energia nuclear mundial duplicará e gerará 17% da eletricidade global até 2050, de acordo com um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico e da Agência Internacional de Energia. Para a China, a proporção de eletricidade gerada pela energia nuclear é de apenas 3%, muito abaixo da média global de 11%.

Deixe seu comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz